REVIVENDO A HISTÓRIA DE ELDORADO

Obrigado pela visita! - Seja bem vindos!!  .

 


Escola Estadual 13 de Maio

Escola Estadual 13 de Maio, localizada à Avenida Tancredo de Almeida Neves nº. 787 no município de Eldorado, Estado de Mato Grosso do Sul, tem como mantenedora a Secretaria de Estado de Educação. A denominação 13 de Maio deu-se em virtude a dois fatos históricos de relevância: A Abolição da Escravatura no Brasil e a Emancipação Política do Município. Iniciando suas atividades no ano de 1.978 e inaugurada pelo então Governador Dr. José Garcia Netto.
A primeira diretora desta Unidade Escolar foi a Sra Zuma Ana Cotarelli tendo como adjunta a Sra Maria Francinetti Dias no período de 1.978 à 1.980. No ano de 1.981 a Sra Zuma Ana Cotarelli continuou no cargo porém o seu adjunto passou a ser o Sr. Francisco de Oliveira Barbosa.
No ano de 1.982 assumiu a direção a Sra Darcy Aparecida Caseiro cuja adjunta era a Sra Silvia de Souza Caseiro.
Em 1.983 o Sr. Francisco de Oliveira Barbosa passou a ser o diretor da Unidade Escolar com ainda adjunta Sra Silvia de Souza Caseiro.
A partir do ano de 1.984 a Sra Darcy Aparecida Caseiro voltou à direção tendo como adjunto o Sr. Paulo Moisés de Oliveira , na qual permaneceram até o ano de 1.991? quando teve início a gestão democrática.
Na primeira eleição democrática da Escola Estadual 13 de Maio foram eleitos como diretora a Sra Darcy Aparecida Caseiro e o Sr. Paulo Moisés de Oliveira , que permaneceram nos respectivos cargos até 1.997.
Em nova eleição no ano de 1.998 foram eleitos como diretora a Sra Darcy Aparecida Caseiro tendo como adjunto o Sr. Valdecir Roberto Santussi, que permaneceram no cargo até 2.004.
O atual diretor da Escola Estadual 13 de Maio é o Sr. Divino José Silva dos Santos, eleito no ano de 2.005 e com mandato até o ano de 2.007. Observa-se que a partir do ano de 2.005 a escola não possui mais diretor adjunto devido a mudanças na legislação.
A direção foi passada no ano de 2008 ao Sr Valdecir Roberto Santussi que assumiu por meio de nomeação, após o pedido de exoneração do cargo feito pelo Sr Divino José Silva dos Santos, permanecendo assim até as próximas eleições.

A Escola Estadual 13 de Maio foi criada através do decreto nº. 1.302 conforme DO nº. 17.553 de 03/04/1978. A Escola iniciou suas atividades no dia 06/03/1978 e foi inaugurada em 19/03/1978 pelo então Governador Dr. José Garcia Netto.
Obteve autorização de funcionamento conforme Deliberação do Conselho Estadual de Educação nº. 173 de 29/06/1981 e foi reconhecida pela Deliberação do Conselho Estadual de Educação de 07/11/1985, funcionando sob o CNPJ nº. 02.585.924/0301-10.
A Unidade Escolar oferece as seguintes etapas de ensino: Ensino Fundamental, esta modalidade funcionou no regime seriado até o ano letivo de 1.999 onde passou a ser organizada em ciclos, retornando ao regime seriado em 2.005.
Em 1984 fora implantado o Ensino Personalizado de 5ª à 8ª Séries do Ensino Fundamental, antigo (NAES) Núcleo Avançado de Educação Supletiva, tendo funcionado este sistema até o ano de 2002, onde a partir desta data passou a funcionar o CEJA - Curso de Educação de Jovens e Adultos, sob Resolução da Secretaria de Estado de Educação nº. 1697 de 22/01/2004, DO nº. 6.170 de 23/01/2004, e também foi inserido o Ensino Médio nesta modalidade de ensino, organizada em fases a partir das séries iniciais do Ensino Fundamental.
No turno noturno o 5º horário do Ensino Fundamental funciona através de estudos orientados.
A Escola passou a contar com a sala de tecnologias educacionais através da Resolução / SED nº.1842 de 8/04/2005.
A partir do ano de 2.005 passaram a funcionar a classe especial e a sala de recursos de acordo com o Parecer de 20/03/2005 da Coordenadoria de Educação Especial.
No ano de 2007 os alunos da sala especial foram inclusos em salas de aula regular, contando com professores intérpretes para acompanha-los devidamente, permanecendo assim também para o ano letivo de 2008.                        


 

 

Uniderp Interativa - Polo Eldorado


A Uniderp Interativa tem sua sede em Campo Grande com pólos em diversas cidades do país.

O pólo da Uniderp Interativa de Eldorado sediado atualmente à rua São Paulo, 1066 no Município de Eldorado- MS, teve início no ano de 2006 com duas turmas, sendo 01 de Administração e 01 de Ciências Contábeis através de Parceria buscada e firmada pela Prefeitura Municipal de Eldorado na Administração da Prefeita Mara Elisa N. Caseiro. Atualmente (Junho/2008), possui um total de 11 turmas, sendo: 03 de Administração, 03 de Ciências Contábeis, 03 de Pedagogia e 02 de Serviço Social, totalizando um público de mais de 200 acadêmicos.

Possue um quadro funcional de 01 Diretor, 02 secretários, 11 professores, 01 zeladora e 01 Vigia Noturno, sendo a Coordenação das atividades Administrativas e Pedagógicas sob a responsabilidade do Prof. Devanir Aparecido Pitton.

A Uniderp Interativa de Eldorado é credenciada ao Sistema de Bolsas PROUNI (Programa Universitário) e FIES (Financiamento Estudantil), onde atualmente temos mais de 20 acadêmicos usufruindo desses benefícios.

A Uniderp Interativa de Eldorado através de parceria firmada pela Prefeitura Municipal de Eldorado, viabiliza no pólo local condições físicas e pedagógicas para que os acadêmicos obtenham mais conhecimentos e satisfação em participar dessa Instituição. Hoje as salas são todas climatizadas e montadas dentro de um padrão de qualidade, como data shows, home teacher , computadores e professores com formação específica da área e especialização  que viabilize condições dos acadêmicos terem um melhor aproveitamento das aulas. Possue também um laboratório de informática com 12 computadores, todos com ótimas configurações e interligados a Internet a disposição dos acadêmicos.

A modalidade “Interativa” é algo que veio ao encontro do que muitos buscavam: “Disponibilidade de tempo, qualidade nos cursos e preços acessíveis.

A metodologia da UNIDERP Interativa é diferenciada. As aulas presenciais são ministradas por professores especializados com titulação em nível de mestrado, doutorado e pós-doutorado. Além disso, nessas aulas, o aluno pode contar, com o apoio de um professor qualificado, que é mediador entre o professor “interativo” e a turma. São quatro horas-aula via satélite e quatro horas-aula ministradas pelo “professor local”, nas chamadas “estações de ensino”. Os estudantes têm como suporte excelente material didático produzido por esses professores especializados que orientarão o auto-estudo e a pesquisa, auxiliando no processo ensino-aprendizagem de todos os conteúdos tratados. Há também a tutoria eletrônica, realizada pelos professores “interativos”, via e-mail, chat, fax ou telefone (0300), evidenciando a preocupação da Instituição em atender de maneira eficiente os seus acadêmicos. Um “Portal Acadêmico” na internet, está a disposição dos alunos com resumos das aulas, links com livros eletrônicos, secretaria virtual e demais serviços. As aulas acontecem 02 vezes na semana.

Escola Estadual Silo Vargas Batista

 

O Nome Silo vargas com o qual é denominada a unidade escolar, foi atribuido em homenagem a um dos fundadores dessa região, parente dos pioneiros deste distrito, morto em um acidente de avião na Fazenda Indiana, no atual Município de Mundo Novo - MS, em 04 de agosto de 1957.
A construção desta escola foi uma luta incansável da população local, mas, sobretudo, da familia Vargas, dentre os quais podemos citar: Ernesto Vargas baptista, Leocindo batista e sua esposa Dair Brum Batista, a qual foi a 1ª professora deste distrito e também desta unidade de ensino.
A construção deste prédio escolar se deu graças à  influência direta do secretário de Viação e Obras Públicas, Ernesto Vargas Baptista, no governo de José Manoel Fontanilha Fragelli, sendo sua inauguração em outubro de 1972.
Este prédio escolar fica situado no centro do distrito, favorecendo o acesso de alunos, funcionários e demais pessoas e é um cartão postal desta localidade.
A construção desta escola atendeu o anseio da população local em ter aqui, neste distrito, uma escola bonita, bem localizada geograficamente e com ensino de qualidade, acessível a todos, pois atendeu, desde a sua inauguração, nos três turnos: matutino, vespertino e noturno.
Desde a sua inauguração até aos dias de atuais foram quatro os diretores desta escola, a saber: Sidney vargas batista, Gilberto Dias sampaio, Luiz Roberto Nogueira e Antonio Pinho.


Escola Municipal Bairro Cerâmica


A “Escola Municipal Bairro Cerâmica - Pólo e Extensões”, fica situada à Rua Amambaí, Nº1.169 - Bairro Cerâmica - Município de Eldorado - MS
CEP 79.970-000                                                                                        Fone: (0--67) 3473-1706
CNPJ 01.807.368/0001-29                                                                          Código do Censo 50020056
                                                           


Esta unidade escolar possui em suas instalações prediais sete (07) salas de aula, uma (01) sala de informática equipada com sete (07) computadores e uma impressora a laser,  uma (01) sala de professores com instalação sanitária, secretária, direção, cozinha, dois (02) banheiros sendo um masculino e outro feminino contendo três (03) instalações sanitárias em cada banheiro, espaço para atividades recreativas e pátio.
A Escola foi ampliada e encontra-se em ótimo estado de conservação
A “Escola Municipal Bairro Cerâmica - Pólo e Extensões” possui hoje como extensão: Escola Municipal Bairro Cerâmica - Pólo Extensão Assentamento Floresta Branca, com nove (09) salas de aula, sendo uma (01) para Educação Infantil adequada com instalação sanitária, quatro (04) banheiros sendo dois (02) masculino e dois (02) femininos com três (03) instalações sanitárias em cada, uma (01) cozinha, uma (01) sala de professores, uma (01) sala de Coordenação Pedagógica, um (01) almoxarifado, área para atividade recreativa, pátio e quadra de esportes, Localizada na BR Guairaporã - Distancia: 13 km da Escola Pólo.     
O atendimento a Extensão é realizado através da Gerência Municipal de Educação, juntamente com a Direção da Escola-Pólo, com merenda escolar, material escolar e apoio aos professores Coordenadores Pedagógicos e Equipe Administrativa.

                                                       Aspectos Legais da escola

A Escola foi criada com a Lei Municipal 171/83 do dia 07 de Julho de 1983.                                                                                                                                                                         Transformada em Escola Pólo pelo Decreto Nº 686/89 do dia 20 de Julho de 1989. O primeiro Regimento foi aprovado em 08/01/87 através da Port /CGVERF/SE Nº 01/87. A partir de 1986 o Quadro Curricular de 1ª a 4ª série, módulo 36, foi aprovado pela Informação  A.E.E. Nº 021/87. Autorização de funcionamento do Ensino de 1º Grau - 1ª a 4ª série: Del/CEE Nº 1752/87, publicada no Diário Oficial de 18/12/87 e validou os estudos de 1986. Reconhecimento: Del/CEE Nº 2896/91, publicada em 10/07/90. Ratificação da Autorização C.E.P. P/CEE Nº 279/91, de 05/09/91. Del/CEE Nº 2896/91, publicada em 31/10/91, validou os estudos de 1ª à 4ª série em 1989. Ofício/SUTEC/SE/CEE/MS, Nº 051/94, de 22/08/94 até 22/08/96. Del/CEE Nº 4902/97, publicada em 22/01/98 até o final de 1998.
Foi renovado o processo de autorização e funcionamento, novamente no ano de 2004, Credenciada e Autorizada pela Deliberação CEE/MS Nº 7604/04 Publicado no D.O. Nº 6275/04 do dia 29 de Junho de 2004, e tem como extensão: Escola Municipal Bairro Cerâmica - Pólo Extensão Assentamento Floresta Branca, criada em 05 de Março de 1999 pelo Decreto Nº 198/99 de 05 de Março de 1999.
A “Escola Municipal Bairro Cerâmica - Pólo e Extensões”, hoje Credenciada e Autorizada pela Deliberação CEE/MS Nº 8433/07 de 27/09/2007  Publicado no D.O. Nº 7.083/07/07 do dia 08 de Outubro de 2007.

Até o ano de 2004 a escola oferecia o ensino regular aos alunos de 1ª a 4ª série do Ensino Fundamental da Educação Básica; a partir do ano de 2005 a unidade escolar implantou a 5ª série do Ensino Fundamental da Educação Básica, e gradativamente foram se implantando as séries seguintes. Neste ano de 2008, estará concluindo o Ensino Fundamental a 1ª Turma de 8ª Série/9º Ano.
A Escola elaborou as Diretrizes Curriculares embasando-se nas Diretrizes da Secretaria de Estado de Educação, sendo adotadas até a elaboração deste projeto.

                                                                           Histórico

A “Escola Municipal Bairro Cerâmica - Pólo e Extensões”, localizada no Bairro Cerâmica, na cidade e comarca de Eldorado, Estado de Mato Grosso do Sul, recebeu esse nome, pelo esforço da comunidade em conquistá-la, e em homenagem ao Bairro, que por sua vez, teve a denominação adquirida por causa de uma “olaria” (fábrica de tijolos e telhas) onde empregava a maioria dos cidadãos, moradores no Bairro que formavam a comunidade, aos poucos foi se desenvolvendo e adquirindo novas conquistas, hoje é um Bairro populoso e bastante conhecido e tem como ponto de referência uma chaminé muito alta, que restou da “olaria” depois de ter sido extinta.

Essa unidade de ensino foi fundada no ano de 1982, quando o atual prefeito era Sr. Antônio Carrocini e o diretor da Escola era o Professor Anestardo de Paula Deus. A partir de 1990, a Escola passou a ser responsável pelas Escolas Rurais que ainda permaneciam funcionando, uma vez que se transformara em Escola Pólo, tendo como Extensões quatro escolas: E.M.P.G. Hélio Turquino, Hélio Andrade, Almires Nunes e Caetano Motta. Em 1993 com a mudança de prefeito, seguida de eleições municipais, as Escolas Rurais que ainda funcionavam foram desativadas e os alunos passaram a se deslocar para a cidade, onde se tinha preferência por parte dos governantes; a Escola Municipal Bairro Cerâmica - Pólo, multiplicou-se então o número de alunos e, por conseguinte o número de profissionais. Construiu-se um muro em volta da mesma e admitiu-se um vigia para maior segurança dos alunos.

A Escola Municipal Bairro Cerâmica-Pólo que iniciou com apenas duas (02) salas de aulas atendendo aproximadamente oitenta (80) alunos, quatro (04) professores, uma (01) merendeira, uma (01) zeladora e uma (01) Coordenação Pedagógica, hoje atende mais de cento e cinqüenta (150) alunos nos períodos matutino, vespertino e noturno, e dispõe de uma equipe de trabalho composta por mais de vinte e cinco (25) integrantes, entre professores, coordenação pedagógica, direção e equipe técnica administrativa.

Diretores que Atuaram na Escola Minicipal Bairro Cerâmica

1982                                   Anestardo de Paula Deus
1983                                   Ibarrure de Souza Bertin
1984                                   Clodoir Fernandes Vargas
1985 a 1987                      Mario Sidnei Corradi
1988 a 1992                      Maria Eva Fernandes Dias
1993 a 1995                      Marta Maria de Araújo
1996                                    Carmem Elena Gregory Potença
1997                                    Maria Aparecida Moreira
1998 a 1999                       Wanderléia Fátima de Mattos Santussi
2000                                    Conceição Aparecida Farias Benitez
2001 a 2008                       Marli Alves Nogueira

EM BREVE

Escola Municipal Sebastião de Paula


Dados de Indentificação

        A “Escola Municipal Sebastião de Paula”- Pólo e Extensões, fica situada à Av.: Brasil, nº405; Jardim Novo Eldorado - Município de Eldorado - MS, CEP 79.970-000, Fone/Fax: (0--67) 3473-1707, CNPJ 01.805.412/0001-61, Código do Censo 50022210, E-mail: Este endereço de e-mail está protegido contra spambots. Você deve habilitar o JavaScript para visualizá-lo. .
      Esta Unidade Escolar possui em suas instalações predial quinze(15) salas de aula, uma(01) sala de informática, uma(01) sala de professores com instalação sanitária, secretária, direção, cozinha, dois banheiros sendo um masculino e outro feminino contendo quatro(04) instalações sanitárias em cada banheiro, espaço para atividades recreativas , pátio e  quadra de Esporte. O prédio escolar foi recentemente pintado e encontra-se em ótimo estado de conservação.
     A “Escola Municipal Sebastião de Paula” - Pólo e Extensões, possui hoje as seguintes extensões:
“Escola Municipal Sebastião de Paula” - Pólo Extensão Pingo de Gente, com quatro (04) salas de aula, uma (01) sala de Coordenação, (01) cozinha e dois (02) banheiros sanitários um masculino e outro feminino, parque infantil de diversão fica localizada á rua Benedito da Silva, nº 905.
Escola Municipal Sebastião de Paula - Pólo Extensão Itamar Evaristo da Silva, com uma(01) sala de aula, uma(01) cozinha e um(01) banheiro, fica localizada na Peru nº .....,distrito de Morumbi a 20 Km do Pólo.
O atendimento a Extensões é realizado através da Gerência Municipal de Educação, juntamente com a Direção e Coordenação Pedagógica da Escola-Pólo, com merenda escolar, material escolar e apoio aos professores

 
ASPECTOS LEGAIS DA ESCOLA

         A Escola foi criada com o Decreto Municipal nº 061/95 do dia 04 de outubro de 1995. O primeiro Regimento foi aprovado em 11/09/1997, através da Portaria nº 039197 de 11/09/97. A partir de 1996 o Quadro Curricular de 1ª à 4ª série, módulo 36 foi aprovado pela A.E.E nº 021/87.
A Autorização de funcionamento do Ensino de 1º Grau - 1ª à 4ª série: Del/CEE nº4945 de 16/12/97, publicada no Diário Oficial de 02/03/98 que validou os estudos de 1995 e 1996.
A Deliberação CEE/MS Nº 6736  de 24 de Outubro de 2002, Publicada no Diário Oficial em 19/11/02, autorizando a Escola a oferecer Educação Infantil e Ensino Fundamental pelo prazo de 05 anos.
A Escola elaborou as Diretrizes Curriculares embasando-se nas  Diretrizes da Secretaria de Estado de Educação, sendo adotadas até a elaboração deste projeto.


 
HISTÓRICO

            A “Escola Municipal Sebastião de Paula - Pólo e Extensões”, localizada na Avenida Brasil, Jardim Novo Eldorado, próximo ao CDHU.  Recebeu esse nome em homenagem ao Sr.Sebastião de Paula, um dos pioneiros deste Município, aonde com sua família veio a trabalhar para construindo sua história; bom pai formou seus filhos com muito sacrifício dando a eles dignidade, hoje porém dentre seus filhos podemos destacar: Otilia Moreira de Paula, Professora e atualmente exerce um mandato Legislativo (Vereadora); Irene de Paula, Professora da Educação Infantil, concursada na Rede Municipal.
           Porém, o Sr. Sebastião de Paula veio a falecer em 1990 e como forma de homenagear um ilustre cidadão que muito contribui para o progresso deste município e ter filhos engajados na Educação  e por tudo isso e  que se dedica o nome desta Unidade Escolar.
          A integração entre professores e comunidade
atende as expectativas, aberta à críticas e sugestões que visam a melhoria do ensino. O pelo fato de ter clientela escolar é constituída em grande maioria de alunos da zona rural, cujos pais são sitiantes ou assentados. Em conseqüência disso os alunos entram muito cedo para o mercado de trabalho; o qual leva a Escola a um contínuo trabalho junto aos pais para que a criança não interrompa seus estudos, o que felizmente  estamos conseguindo, graças ao apoio dos Programas Sociais.
           Promovemos reuniões para conscientizar alunos, pais e professores da necessidade de cada um assumir o seu papel na formação do educando para  reduzir a evasão e repetência. Uma educação de alto nível só é possível quando cada um de seus componentes cumpre com amor e responsabilidade a sua função.
            A integração entre professor e comunidade atende as expectativas, aberta à críticas e sugestões que visam a melhoria do ensino. O corpo técnico-administrativo é constituído pela Direção, Coordenação Pedagógica, Secretaria e auxiliares de Serviços Gerais.
Diretores:

Diretores que Atuaram na Escola Minicipal Sebastião de Paula

1993 a 1995   Marta Maria de Araújo
1996               Maria de Fátima Santos Beraldi
1997 a 2008   Ozéas de Souza


CENTRO EDUCACIONAL DE ELDORADO - MICKEY

CENTRO EDUCACIONAL DE ELDORADO - MICKEY
EDUCAÇÃO INFANTIL - ENSINO FUNDAMENTAL - ENSINO MÉDIO

Autorização de Funcionamento conforme Del/CEE/MS nº8684 de 23/04/08
Inscrita no CGC (MF) 03.960.788/0002-57

Av. Brasil, nº1014 Fone (067)3473-2263
Eldorado - MS CEP-79970-000


BREVE HISTÓRICO DO CEE - MICKEY


O Centro Educacional Eldorado - Mickey foi criada aos 31 de maio de 2003 com o cargo de diretora a Srª Cleuzalina Ivantes Lucca e coordenadora Srª Carmem Lucca. No ano de 2005 o regime de trabalho da Escola passou a ser administrado pela APM - Associação de Pais e Mestres do Centro Educacional de Eldorado - Mickey, sem fins lucrativos, sendo presidente o Srº Auro Trento e assumindo a direção da Escola a Srª Adriana Dias. Em dezembro de 2006 houve votação e posse da 3ª diretoria do C.E.E Mickey ficando como presidente da APM a Srª Elizabeti Cristina Lima Caseiro, como diretora a Srª Lucelene Oliveira Santussi e coordenadora a Srª Andréia Maciel. Em 2008 a coordenadora passou a ser a Srª Eloísa Cristina Saraiva Hernandes Lomba.
A escola é uma Associação de Pais e Mestres cujo objetivo é formar cidadãos conscientes, capazes e com responsabilidades para um bom desenvolvimento como cidadão e pessoa humana. Trabalhando com o Apostilado do Sistema Positivo de Ensino temos um ensino de qualidade. O Ensino Médio conta com 6 aulas diárias e com um aumento na grade curricular das disciplinas que tem maior peso no vestibular, pensando em prepará-los para a maratona Universitária. Realizamos todo o bimestre o simulado do ENEM e do Vestibular preparados pelo Ensino Positivo de Ensino que faz com que nossos alunos tenham conhecimento a nível nacional das concorrências em Vestibulares.

Escola Estadual Eldorado

História da Escola Eldorado

Novo Histórico da Escola Estadual Eldorado - Atualizado 2012

ESCOLA ESTADUAL ELDORADO

 

       Eu nasci assim!!!

         Calcula-se que no ano de 1953, Eldorado era uma Vila, ainda pequenininha, com dificuldades, e sem defesas foi amparado por Ponta Porã.

         Quanto ao setor educacional, até o presente momento não temos uma história concreta do início. Diz as pessoas que,na Rua Stª Terezinha, hoje Tv Técnica Universal, numa bela casa pequena, coberta de coqueiro num dia lindo de sol reluzente, por ser uma terra de grandes riquezas exploráveis, ou seja, Terra do Ouro nasciaa primeira escola e trabalhou comoprofessor o srº Bento.

         Cada mês e ano que passava, a Vila crescia e com certeza as crianças aumentavam. Mais ou menos em 1955,na Praça Matriz, ao lado da capela, foi construída a Escolinha. Nesta época trabalharam os professores: Mariazinha, Ivone Catapan, e Jose Ribeiro de Farias, que morava na chegada do cemitério, ao lado esquerdo. Nesta época o setor Educacional pertencia a Amambai. Muitas vezes o mesmo ia até Amambai a cavalo para receber seu pagamento, pois os meios de transportes eram difíceis. “Tempo de dureza”!!!

         Não se sabe o que aconteceu naquela escolinha, que em 1960mudou num barracão, na Rua Stª Terezinha, cedido por Jose Cicero, hoje a Kitok’s Presentes.

          Foi implantado num antigo depósito de mercadoria, na Rua Stª Terezinha, no terreno do Senhor João Nunes, ao lado de sua casa o Mobral(Movimento Brasileiro de Alfabetização). Neste ano foi construída uma Escola de madeira, onde hoje está localizado o Centro Educacional Pingo de Gente.

         Até o presente momento os professores eram pagos pela prefeitura de Iguatemi. De 1963 a 1964, surgiram outros professores: Justo Caprioli, Iraci Caprioli, Ana Bueno das Dores e foi nomeada a primeira professora leiga pelo Estado “Loidi de Campos Jacinto”.Nesta época a escola passou por vários diretores:Lucila Teixeira, Nedi Vargas e Diva Pinheiro da Silveira,pertencente ao Município de Iguatemi.

         Mais ou menos nos anos de 1965 a 1966, acontece a inauguração doGrupo Escolar “Eldorado”, hoje neste local a Rodoviária, porque nesta época houve mudanças políticas educacionais e Eldorado passou a ser distrito e pertencia ao Município de Iguatemi. É interessante que neste período, o senhor Dori Vargas era servente de pedreiro e ajudou a construir.Nesse espaço assume como diretora itinerante a Senhora MariaLuiza Nava.

         As mudanças são constantemente que, em 1968 o Senhor José Vitor de Paula (conhecido como José Paraguaçu) assume a direção.

         Porém, no ano de 1969 assume a direção a Senhora Diva Pinheiro da Silveira.

         Na gestão da Prof.ªDiva Pinheiro, foi implantado o Curso de Admissão, isto é, todos os alunos da 4ª série para ingressar no 5º Ginasial, passava por essa admissão. Teve como professor Educador a convite do senhor Prefeito de Iguatemi, o Senhor Dori Vargas.

         Jáem 1970, o Grupo Escolar recebe o nome de “Escola Reunida Eldorado”. De acordo com o Decreto nº 1410 de 29 de dezembro de 1970 a mesma escola foi autorizada de 1ª a 8ª Série nº 81/76 e reconhecida com a Deliberação nº 4891 em 07/04/83.

Nos anos 70 a Escola Reunida teve sua primeira diretora de 1ª a 4ª Serie a Senhora Neusa Catarina M. Rocha e a secretária CassimiraIrala da Rosa.

         Em 1971, assumiu a direção o Padre Antônio Pimentel, num curto prazo.

         No ano seguinte 1972, assume a senhora Marina dos Santo Toledo tinha o apelido de (Nita) e como secretária IdelvinaSimonetto.

         Sua experiência de diretora chega ao final e em 1973 passa para a direção o Professor Carlos Alves Rochae como secretaria Laís Cruz.

         No Período de 1974 o senhor João Astolfi entra na direção, a Prof.ªDjaniraLuizi  como vice diretora e sua secretária Aparecida Lopes Moreira.

         Com o passar do ano, aconteceram uns contratempos e em 1975 a Professora Djanira Luciano Luiziassume a direção e como secretária a prof.ªLoiri Doroteia Nogueira.

         Os anos se passaram e a população de Eldorado crescia de vento em polpa. A escola já ficara pequena demais e o governo não tomava providências.

          Numa certa manhã, o governo do estado e sua comitiva se dirigiam ao Porto Morumbi para inaugurar a Escola Silo Vargas Batista. Os alunos se reuniram e fizeram uma grande manifestação, bloqueando a estrada, não deixando o governo passar. Eles reivindicaram uma escola maior. Foi aí que o Senhor Governador José Frangelli tomou a decisãode construir esta Escola.

Após tanta luta e sonhos, em 04 de março de 1975, a Escola Reunida de Eldorado passou para o novo prédio na Rua Iguatemi nº 1130.

Nesta época veio para este endereço, somente o primário (1º a 4ª série), porque não tinha energia e funcionava somente durante o dia. O ginásio permaneceu no Grupo Escolar, porque lá havia energia, era tocado a motor.

Em 1975 a Escola Reunida passa a ser chamada “ESCOLA ESTADUAL DE 1º GRAU ELDORADO”.

 No ano seguinte Eldorado foi levado à categoria de município. Foi emancipado no dia 13 de maio de 1976, com a Lei Estadual nº 3.692. Neste mesmo ano, estava na direção a professora Maria Eva Fernandes Diase como secretariaIdelvinaSimonetto, que com sua competência lutou e trouxe para a Escola o “Curso de Magistério”. Reconhecido pela portaria nº 5181/1977SEE/MT. Quem cursava o Magistério, saía com o direito de trabalhar na Pré-escola e no Ensino Fundamental de 1º a 4ª Série.

         Durante o ano de 1976 a mesma Escola passa a ser chamada “ESCOLA ESTADUAL DE 1º E 2º GRAUS ELDORADO”.

         Num período de três anos: 1977, 1978 e 1979, volta novamente á direção o Professor Carlos Alves Rocha.

         Por volta do ano 1977, foi implantado o Curso de “TÉCNICO EM CONTABILIDADE”, reconhecido conforme a Deliberação CEE nº 489 de 09 de abril de 1983.

         Em 1980, assume a direção a Senhora Maria Angelita Lemos Miguel.

         De acordo com os cargos políticos, normas e leis o Professor Mario Sidnei Corradi, assumiu a direção por seis anos: 1981, 1982, 1983, 1984,1985, 1989 e tendo como sua secretária Ivone Pinheiro. Até o presente momento a escola não tinha coordenadores. Foram nomeados os primeiros supervisores desta escola: Rumilda Gonçalves Fernandes, Elias Pereira da Silva e Maria Angélica da Silva Penasso. Por motivos particulares nos dois últimos anos de mandatos, entra como secretária Luzia de Carvalho. Devido as novas propostas de trabalho e o seu bem estar, o professor Mario Sidnei Corradi, deixa a direção e assume a Secretaria Municipal de Educação.

         Nessa mudança a Professora Helena Maria Dal Castel assume a direção por três anos: 1986, 1987 e 1988, tendo como vice o Professor Nelson Luiz da Rocha.

         Por questões políticas em 1990 e 1991 o Professor Nelson Luiz da Rocha, passa a ser o diretor e a Professora Marli da Silva Haas, como diretora adjunta.

         Em 1992 o professor Nelson Luiz da Rocha foi afastado e por indicação do colegiado a Professora Djanira Luciano Luizi volta à direção e trabalha mais um ano.

         A Escola passa por várias mudanças, e em 1993 por questão de gentileza assume a direção por poucos dias a senhoraAparecida Silva Figueiredo. Até este momento, todos os diretores e vices eram nomeados por cargo de confiança, ou seja, por indicação política. Neste mesmo ano, por motivos particulares sai à diretora atual e assume a direção a Professora: Rumilda Gonçalves Fernandes.

         Enquanto isso acontece a autorização da Escola, conforme a Deliberação do nº 2905 de 19 de setembro de 1991, e seu reconhecimento aconteceu com a Deliberação do CEE nº 3461 de 04 de fevereiro de 1993 a Lei “7.044/82”.

         De acordo com a Legislação, Constituição, Resoluções Educacionais, ficam declarados que os próximos diretores assumirão os cargos através de eleições.

         Mediante essas mudanças, em 1994, acontece a 1ª eleição nesta escola e a Professora Djanira Luciano Luizi tem a honra e a coragem de concorrer à eleição. Ganha e assume novamente a direção.

         Durante a gestão da nova diretora eleita e por motivos de saúde, ela não termina o mandato. Assume então o Professor Anestardo de Paula Deus, para dar continuidade aos trabalhos educacionais.

         Seguindo as regras e leis, no ano seguinte, o professor Nelson Luiz da Rocha concorre às eleições e volta para a direção, tendo como diretora adjunta a Professora Marli Sonete da Silva Haas. Neste período o cargo de supervisor fica extinto e entrao cargo de “Coordenador”. Assume como coordenadoras:Rumilda Gonçalves Fernandes, Rosemar da Silva Caprioli Guirelli e Maria Vanda de Oliveira Ciocca e como secretária a senhora Vera Lúcia Maisse Silva nos anos de 1996 e 1997. Por motivo de promoção funcional e o bem estar, a senhora Vera Lucia deixa a secretaria e assume a senhorita Ana Aparecida Holsbach. Diante da sua organização e competência, o diretor eleito permaneceu nesta escola no período de 1996 a 1999.

         No ano de 1997 por decisões governamentais o curso Técnico em Contabilidade chega ao término, ficando somente o Ensino Fundamental, o Magistério e a Lei nº 7.044/82.

          Em 1998, foi um ano de muitas mudanças educacionais, a Lei nº 7.044/82 passou a ser o Ensino Médio, conforme a Lei nº 9394/96, neste mesmo ano a escola passa a ser chamada “ESCOLA ESTADUAL ELDORADO”, dentro do Ensino Fundamental as 1ª Séries passaram para a Organização em Ciclos. Pensa na confusão!!! O governo não preparou o corpo docente para trabalhar com o alunado.

         Durante o ano de 1999, o diretor é exonerado do cargo e por decisões do colegiado, assumepor dois anos a Professora Maria Roselene Rodrigues, sendo diretora adjunta a Professora Marli Sonete da Silva Haas, secretaria Sueli de PaulaSimõese como coordenadoras as professoras: Rumilda Gonçalves Fernandes, Rosemar da Silva CaprioliGuirelli e Maria Vanda de Oliveira Ciocca.

         Diante da estrutura da cidade e de empregos, fica declarado por forças governamentais e educacionais, que o Magistério também chega ao final. Ficando somente o Ensino Fundamental e Ensino Médio.

         No final de 2001, acontecem eleições para novos diretores, onde foram eleitos o Professor Marcos Antônio de Oliveira como diretor e Maria Jose Cordeiro Manso como adjunta, ambos assumem a direção, tendo como secretária Ana Aparecida Hosbache coordenadoras as professoras: Rumilda Gonçalves Fernandes e Rosemar da Silva Caprioli Guirelli.

         Na gestão de 2003 a 2004, por motivos de remoção, assume como secretária a senhora Rosilene Dourisbore e diante da transferência do esposo a mesma pede remoção. No dia 12/08/2004 assume com garra e competência como secretária a senhorita Valdice Trindade da Silva.

          A implantação do CICLO não foi muito aceitável. Por isso em 2004 chega ao término essa experiência.

         De acordo com as normas, em novembro de 2004, acontecem as eleições estaduais para diretores. Em janeiro de 2005 toma posse como diretora a senhora professora Carmem Elena Gregory Potença e como adjunta a Professora Rosangela Guedes Bapista.

         Por motivo de saúde a professora Rosangela Quedes Bapista como adjunta deixa o cargo. No dia 13/02/07 por indicação do colegiado assume como adjunta a professora Rosemar da Silva Caprioli Guirelli. Permanece como secretária a senhorita Valdice Trindade da Silva e como coordenadoras as professoras: Rumilda Gonçalves Fernandes, Rosália Elena Ladeia Inácio e Maria Cristina Gonçalves Peixoto.

         Em 2005 de acordo com a força maior os diretores, professores e coordenadores, após práticas e experiências feitas nas escolas, a mudança é feita e volta a ser seriado de 1ª a 4ª série do Ensino Fundamental.

         O setor educacional vive constantemente sofrendo mudanças. No ano de 2007 foi implantado o Ensino Fundamental de Nove Anos de acordo com a Resolução SEE nº 2.055 de 11 de dezembro de 2006. Até quando vão as mudanças? O corpo docente foi preparado?

         No período de janeirode 2005 a 30/06/08, com eficiência total, permanece como secretaria a senhorita Valdice Trindade da Silva e coordenadoras as professoras: Rumilda Gonçalves Fernandes, Luzia Coutinho e Rosália Elena Ladeia Inácio.

         Após o eficiente trabalho das diretoras, chega-se ao final do mandato. Porém, em maio de 2008 é eleita como diretora a Professora Maria Jose Cordeiro Manso, do qual está aguardando decisões da secretaria de educação para nomeação da (o)diretora (o) adjunta. Neste mandato permanece a senhorita Valdice Trindade da Silvacomo secretária e as coordenadoras da gestão anterior.

         Esperar decisões da secretaria de educação não é fácil, exige muita paciência e jogo de cintura. Enquanto isso, os dias, meses e ano se passa e a diretora continua administrando a escola com toda competência, sabedoria e boa vontade. Cada diretor analisa, observa, pensa, acompanha,avalia seus companheiros de jornada e resolve fazer algumas mudanças.

         Toma posse como secretário o senhor Narciso Felício Faria de acordo com a Resolução Sed.nº 910 – 12/05/2009, e permanece como coordenadoras as professoras:Rumilda Gonçalves Fernandes,Rosália Elena Ladeia Inácio,Maria Cristina Gonçalves Peixotoe auxiliares de coordenação: Maria Vanda de O. Ciocca, Maria Ferreira Miranda e Luzia Coutinho. Em meados do ano 2010, a professora Rosália Elena Ladeia Inácio se aposenta e entra como professora coordenadora a Senhora Aparecida Alves Lopes.

         A diretora sente e tem uma visão ampla do trabalho pedagógico do corpo docente e proporciona a eles capacitações de acordo com as disciplinas e solicitações.

         Diante do fabuloso trabalho da diretora, seu mandato chega ao fim com muito êxito. Com sua sabedoria e competência, apresenta para a comunidade escolar o “Projeto de Gestão Escolar Rumo a Educação de Qualidade” e concorre a eleição no dia 06/10/11.Pais, alunos, administrativos e professores entenderam o seu esforço na caminhada e reelege por mais 03(três) anos a Professora Maria José Cordeiro Manso no período de 2012 a 2014.

         Está unidade escolar, vem trabalhando em conjunto com a direção, coordenadores, colegiado e APM (Associação de Pais e Mestres).

         Hoje a Escola Eldorado conta com 19(dezenove) funcionários administrativos. No quadro administrativos temos o secretário, e5 (cinco) funcionárias cursando o “Pro funcionário”, mais  uma cursando o “Técnico em Dependentes Químicos”. São21(vinte e um) professores efetivos, 26(vinte e seis) convocados. Todos os professores têm Ensino Superior e 90% pós-graduado, eduas mestrasMaria Vanda de Oliveira Ciocca e Rosangela Quedes Baptista (a mesma esta cursando doutorado na UNICAMP – São Paulo). Dois professores cursando “Técnico em Segurança do Trabalho”e uma em“Técnico de Dependentes Químicos”.Esses cursos são oferecidos pelo IFPR (Instituto Federal do Paraná). Quatro professoras cursando Artes Visuais no Centro UniversitárioClaretiano em Curitiba Paraná etrês professoras auxiliar de coordenação (são professoras readaptadas). Dois professores trabalham nos anos do 1º ao 5º com o “Projeto Além das Palavras”

         Por ser uma escola de grande porte, com ótimo conceito, ela atende a clientela nos três turnos: matutino, vespertino e noturno. Trabalha com alunos do Ensino Fundamental e Ensino Médio,mais ou menos 20% são da zona rural e 85% da zona urbana. No período noturno temos somente o 9º ano do E.F e os demais todos do E.M.                                        No quadro discente possui 1.100(um mil e cem) alunos. Os alunos são da zona urbana e rural; alguns são de classe média e outros assalariados, mas isso não implica na aprendizagem, pois os sonhos, interesses e a força de vencer na vida são grande demais. São alunos de fáceis aprendizagens e integrações sociais, pois os mesmos são de classe média e uma pequena minoria com baixa renda financeira, mas membros ativos da Bolsa Escola e Bolsa Alimentícia. Esses alunos são jovens, adolescentes, apresentando comportamentos de aprendizagense éticos com atitudes diferenciadas. Alguns têm sonhos e objetivos, outros somente por esporte e uma minoria não tem noção do amanhã, ou seja, do futuro e menos ainda responsabilidades para vencer, ser um cidadão crítico e justo no percurso da vida.

         Nossa Escola hoje possui sala de vídeo, refeitório com cozinha adequada(merendas de ótimas qualidades e variadas, tem até bananas, maçãs e melancia de sobremesa... olha que bênção), jardins, cantina no pátio, duas quadras para esportes, secretaria, de acordo com as mudanças e normas, almoxarifados, sala de esporte, quadra de areia, treino para alunos nos horários opostos, computadores na sala dos professores e coordenação, quadro branco, ar condicionado em todas as salas, dois laboratórios de informática para os alunos, três datas show, Tv LCD, filmadora, câmera digital, caixas de sons, banheiro infantil, dois murais de cerâmicas, sala de brinquedoteca bem equipada, PABX e portão eletrônico.

       Já é tradição da escola; festa junina, homenagem ao dia da criança, dia dos professores, festa da família na escola, participações no aniversário do município e sete de setembro.

         De acordo com essa nova tecnologia, a escola hoje possui seu próprio Blog – escolaeldorado2009.blogspot.com e email – Este endereço de e-mail está protegido contra spambots. Você deve habilitar o JavaScript para visualizá-lo. .

         Portanto a Escola Eldorado, tem um belo conceito, aparência perante a comunidade e aos visitantes; tudo isso, graças aos diretores, professores, administrativos, pais que confiam, acreditam, responsabilizam e assinam com garra e carinho os trabalhos executados com muita ênfase.

OBSERVAÇÃO:De acordo com as pesquisas e estudos realizados, esta historia pode sofrer alterações.

 

ENTREVISTADOS: - Srº Dori Vargas

- Maria Luiza Nava

- Leia Fazioni

- Aida Fernandes

- Rumilda Gonçalves Fernandes

 - Maria Orfiria Caprioli

- Alice Placiel

- Maria do Socorro Escuro da Silva

- Maria Aparecida Lopes Moreira

- Luzia Crepaldi

- Francisco Farias da Silva

 

Elaboração:

Prof.ª Msc. Maria Vanda de Oliveira Ciocca

. Formada em Pedagogia pela Universidade do Oeste Paulista – Presidente Prudente/SP.

. Pós Graduada em Metodologia de Ensino Superior, pelas Faculdades Integradas de Fátima do Sul/MS.

. Psicopedagoga pela Unipar de Guairá/PR

. Mestra pela UTCD – Salto Del Guairá/ Paraguay

. Psicoterapeuta na Falupe – Marechal Candido Rondon

. Cursando no IFPR – Técnicos em Dependentes Químicos

 

Digitação:

Prof.ª Maria Vanda de Oliveira Ciocca

 

Revisão Geral:

. Prof.ª Marina Alves Lima da Cunha

. Formada em Letras pela Faculdade de Filosofia, Ciências e Letras de Umuarama/PR

. Pós Graduada em Metodologia do Ensino pela Universidade Brás Cubas de Mogi das Cruzes/SP.

 

APOIO:

- Prof.ª Maria Jose Cordeiro Manso

. Diretora da Escola Estadual Eldorado

. Especialização em Metodologia Aplicada ao Ensino de Matemática – Faculdade de Silviria – Instituto de Ensino Superior de São Paulo/2005.

. Graduação em Ciências – Habilitação Matemática/2004 – Pela Fundação Universidade Estadual de Mato Grosso do Sul/UEMS.

. Pós Graduação em gestão Escolar- Área de Concentração em Educação Básica pelaFundação Universidade Federal de Mato Grosso do Sul-UFMS/2010.

Eldorado-MS, 06/12/11

 

 

 
 
 
 

 

Unable to find the source directory (/home/revivendoeldorado/www/images/stories/escolas/), please check if your source directory exists




 
REVIVENDOELDORADO.COM - 2006 A 2013